KartSabesp

CKS

Regulamento 2019


Artigo 1º - INSCRIÇÃO

1.1 - Só será permitida a inscrição de pilotos que não tenham pendência financeira relativa à campeonatos anteriores.

1.2 - A quantidade de pilotos no campeonato, etapas e baterias terão as vagas distribuídas conforme a capacidade dos kartódromos.

1.3 - Os pilotos que participaram do campeonato do ano anterior, classificados até o 15o lugar, têm sua vaga garantida até o fechamento das inscrições.

1.4 - Consideram-se inscritos os pilotos que realizarem sua inscrição via site até 15/02/2019.


Artigo 2º - CAMPEONATO

2.1 - O campeonato será composto onze etapas com duas fases distribuídas durante a temporada. As baterias com os pilotos será informada no site oficial com uma semana de antecedência da prova.

2.2 - Em todas as etapas será realizada a tomada de tempo com formação de grid e largada em movimento.

2.3 - A primeira fase será realizada da primeira até a sétima etapa.

2.4 - A segunda fase será realizada a partir da oitava etapa.

2.5 - Na primeira etapa, os pilotos serão sorteados e divididos em baterias aleatoriamente.

2.6 - A classificação geral por pontos, conforme descrito no item 8 deste regulamento, será utilizada para formação das baterias das etapas sequentes (segunda à sétima etapa).

2.7 - A classificação geral da primeira fase define a categoria que o piloto participará na segunda fase.

2.8 - Os pontos obtidos na primeira fase serão mantidos na segunda fase.

2.9 - Pilotos com três faltas não justificadas na primeira fase perdem o direito de passar para a segunda fase, sendo desclassificado do campeonato em curso.

2.10 - A partir da oitava etapa, o campeonato será dividido por categorias e não se admite novos pilotos no campeonato.

2.11 - Pilotos com duas faltas não justificadas na segunda fase serão desclassificado do campeonato em curso.


Artigo 3º - INDUMENTÁRIA

3.1 - OBRIGATÓRIO

3.1.1 - Capacete integral, com viseira.

3.1.2 - Luvas que cubram completamente os dedos, palma e dorso da mão.

3.1.3 - Sapatilha própria para a prática do kartismo ou automobilismo. Na falta desta será permitido o uso de tênis ou calçado equivalente do tipo fechado. Não será permitido uso de calçados abertos, tipo chinelo, sandálias ou assemelhados.

3.1.4 - Macacão próprio para a prática do kartismo ou automobilismo. Na falta do macacão será permitido o uso de calças compridas, ou outro tipo qualquer de vestimenta que cubra totalmente os membros inferiores do piloto, associado ao uso de camiseta de manga comprida, blusa, ou qualquer tipo de vestimenta que cubra totalmente os membros superiores do piloto.

3.1.5 - Não será permitido o uso de bermudas, shorts e assemelhados, camisetas do tipo regata ou de manga curta, salvo se esta for utilizada sobre outra de manga comprida.

3.1.6 - O uso da camiseta está dispensado caso o piloto deseje usar macacão para a prática de kartismo ou automobilismo.

3.2 - RECOMENDADO

3.2.1 - Colete protetor de costelas.

3.2.2 - Colar de proteção cervical.

3.2.3 - Balaclava ou capuz de proteção.

3.2.4 - Qualquer outro equipamento de segurança que o piloto julgue conveniente, tais como joelheiras, cotoveleiras, espumas de proteção, etc.

3.3 - É de responsabilidade do piloto providenciar o equipamento de uso obrigatório, que pode ser locado ou adquirido diretamente na maioria dos kartódromos.

3.4 - Não é de responsabilidade o KartSabesp, ou de seus representantes, fornecer o equipamento de segurança obrigatório.

3.5 - O KartSabesp se reserva o direito de IMPEDIR de participar da prova o piloto que não se apresentar com o equipamento OBRIGATÓRIO de segurança.


Artigo 4º - LOCAL E PERÍODO DAS PROVAS

4.1 - As provas serão realizadas conforme cronograma estipulado no início da temporada, em kartódromos e horários estabelecidos pela comissão organizadora e divulgados através do site kartsabesp.com.br e por e-mail.

4.2 - Os pilotos inscritos devem se apresentar junto à equipe organizadora com no mínimo de trinta minutos de antecedência.

4.3 - O custo por prova será de R$ 155,00 via boleto bancário. O kartódromo não receberá mais pagamentos fracionados para os campeonatos organizados.


Artigo 5º - PROVAS

5.1 - Os karts serão de no mínimo nove HP.

5.2 - Nos kartódromos em que é possível realizar lastrear o kart, fica estabelecido como peso mínimo de 90kg para os homens e 80kg para as mulheres. O limite máximo de lastro por kart será definido pelo kartódromo. Caso não seja possível atingir o limite mínimo estabelecido pelo campeonato, o piloto deve providenciar a diferença junto ao corpo.

5.3 - A pesagem poderá ser conferida antes e depois de uma corrida, por solicitação da organização ou de qualquer piloto da bateria.

5.4 - Não são permitidas trocas de pilotos entre as baterias.

5.5 - Nas provas, os karts só podem ser conduzidos pelos pilotos devidamente inscritos. O desrespeito acarreta a desclassificação do piloto na etapa.

5.6 - O piloto deve se apresentar no briefing do kartódromo com até trinta minutos de antecedência ao início do briefing.

5.7 - No briefing, o diretor de prova deve:

5.7.1 - Apresentar todas as regras do kartódromo

5.7.2 - Não autorizar a participação do piloto que não se encontre em condições para pilotagem, Caso necessário, poderá ser realizado teste alcoólico.

5.7.3 - Sortear os karts, sempre com a supervisão dos pilotos e do fiscal da organização. Eventuais exclusões de karts devem ser pré-identificadas pelo grupo da bateria, sendo passível de desclassificação na prova o piloto que utilizar um kart excluído.

5.8 - A equipe de organizadores do KartSabesp fica dispensada da presença em briefing, sendo seu kart sorteado pelo fiscal da organização.

5.9 - Não serão acolhidas quaisquer reclamações contra as decisões dos diretores de prova dos kartódromos no exercício de suas funções. O resultado da folha de classificação será utilizado como documento oficial para a apuração de pontos do campeonato e respectivas penalizações.

5.10 - Quaisquer questionamentos devem ser realizados imediatamente à direção de prova e organização do campeonato, que esclarecerá e ratificará ou retificará o resultado com a emissão de uma nova folha de resultados ou correção na própria folha de resultados com visto do diretor de prova.

5.11 - Não é responsabilidade da organização do campeonato o estado de conservação dos karts, bem como avarias ocorridas durante a prova. Qualquer problema com os equipamentos locados devem ser comunicados na recepção do kartódromo, o registro da situação deve ser enviado à organização do KartSabesp.

5.12 - Substituição de kart:

5.12.1 - A troca deve obedecer a sequência do sorteio previamente realizado. O sorteio dos karts reservas será realizado após o briefing pela organização e o diretor de prova. A sequência sorteada não deve ser de conhecimento dos pilotos da bateria.

5.12.2 - Caso o piloto identifique um problema no kart, deverá solicitar a presença do mecânico que avaliará a necessidade de troca.

5.12.3 - A troca será realizada somente antes da saída do box e atestada necessidade de troca pelo mecânico ou diretor de prova.

5.12.4 - Durante a tomada de tempo, seja opção do piloto, quebra do kart ou qualquer outro motivo, deverá largar alinhado na última posição do grid, inclusive atrás de pilotos que chegaram atrasados.

5.12.5 - Poderá ser trocado durante a prova a qualquer momento.


Artigo 6º - PENALIZAÇÕES

6.1 - A organização do campeonato é responsável por julgar, avaliar e aplicar medidas punitivas sobre situações não previstas neste regulamento.

6.2 - Responsabilidades do piloto:

6.2.1 - Pagamento das corridas. Piloto com pendência financeira não pode participar da etapa.

6.2.2 - Lastrear seu kart. O desrespeito acarreta em sua desclassificação da etapa.

6.2.3 - Sua correta posição no grid. Caso desrespeite sua posição e constatado pela organização, será desclassificado da etapa.

6.3 - Outras penalidades:

Descrição Penalização (pontos)
Advertência -6
Stop and Go -8
Falta -2
Atraso no Briefing -1
Desclassificação -10
Falta de Indumentária -4

6.4 - As penalidades são acumulativas por ocorrência.

6.5 - Faltas tem o custo de R$ 45,00 incluídos no boleto seguinte.

6.6 - Agressões verbais e/ou físicas resultantes de disputas entre pilotos e/ou terceiros durante os eventos do KartSabesp ou nas dependências do kartódromo, serão julgadas, avaliadas e aplicadas às medidas punitivas conforme avaliação da comissão organizadora que definirá a intensidade da agressão praticada, nas seguintes bases e consequentemente punições:

6.6.1 - Leve = Advertência.

6.6.2 - Média = Desclassificação.

6.6.3 - Grave = Desclassificação da etapa corrente e suspensão em etapas a serem deliberadas com perda de pontos de desclassificação por etapa.

6.6.4 - Gravíssima = Exclusão do campeonato.


Artigo 7º - PRÊMIOS

7.1 - Nas etapas em que houver a tomada de tempo, será concedido um ponto ao piloto que obter o melhor tempo de classificação (pole position) em cada corrida e o ponto será validado mesmo que o piloto seja desclassificado ou abandone a corrida.

7.2 - Em cada corrida será concedido um ponto ao piloto que obter a melhor volta. Caso ocorra a desclassificação do piloto, o ponto deve ser concedido ao piloto sequente.

7.3 - Em todas as etapas os três pilotos melhor classificados de cada categoria serão premiados com medalhas ou troféus.

7.4 - Ao final do campeonato, os três primeiros colocados de cada categoria serão premiados com troféus.


Artigo 8º - CLASSIFICAÇÃO E PONTUAÇÃO

8.1 - O título de campeão será atribuído ao piloto que totalizar maior número de pontos por categoria.

8.2 - Em caso de empates na classificação, o desempate se dá pelos seguintes critérios:

8.2.1 - Menor quantidade de penalidades;

8.2.2 - Número de primeiros lugares, segundos lugares e assim sucessivamente até o desempate.

8.3 - A classificação do piloto em cada prova determina o número de pontos a ser acrescentado em sua classificação geral, conforme tabela de pontos:

Posição Pontos
1 40
2 37
3 34
4 31
5 28
6 25
7 22
8 19
9 16
10 13
11 10
12 9
13 8
14 7
15 6
16 5
17 4
18 3
19 2
20 1
≥ 21 0

Artigo 9º - DIVULGAÇÃO

Toda comunicação referente ao campeonato será realizada através do site kartsabesp.com.br.